Inquérito

Crie seu próprio questionário de feedback de usuário

segunda-feira, julho 30, 2007

Bycle on the bridge


Bycle on the bridge
Originally uploaded by VR2006.


20070409_Amarante_ponte02bw
Originally uploaded by VR2006.

AMARANTE (Portugal): Ponte de São Gonçalo.
Esta ponte foi reconstruída em 1782, depois de se ter desmoronado parcialmente a ponte existente, nas cheias de 1763. O projecto foi de Carlos Amarante, e abriu ao trânsito em 1790. No ano de 1791 completaram-na com quatro obeliscos, apoiados sobre esferas, que assinalam os extremos da ponte. Os pilares, com contrafortes de planta triangular, dão origem a quatro miradouros semicirculares, com bancadas em pedra.
Em 1809, esta ponte foi alvo de um acontecimento marcante, resultante das invasões francesas.

sábado, julho 28, 2007

quinta-feira, julho 26, 2007

segunda-feira, julho 23, 2007


2007_0403Batalha_Mosteiro_abobada
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Sala do Capítulo do Mosteiro da Batalha. Abóbada de estrela de um só voo. É uma obra de notável técnica construtiva gótica, sendo formada por dezasseis nervuras radiais, oito lançadas das paredes, as restantes lançadas das chaves secundárias exteriores, convergindo para uma grande chave central de decoração vegetalista, desenvolvida em duas coroas.


2007_0403Batalha_Mosteiro_abobada_capela_soldado
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Sala do Capítulo do Mosteiro da Batalha.
A Sala do Capítulo (Túmulo do Soldado Desconhecido), de planta quadrada, coberta por uma abóbada de estrela de um só voo é, efectivamente, uma obra de notável técnica construtiva gótica, sendo formada por dezasseis nervuras radiais, oito lançadas das paredes, as restantes lançadas das chaves secundárias exteriores, convergindo para uma grande chave central de decoração vegetalista, desenvolvida em duas coroas.

Wikipédia,Pt

sexta-feira, julho 20, 2007

quinta-feira, julho 19, 2007

segunda-feira, julho 16, 2007


2007_0403Batalha_Mosteiro_interior_nave_central03
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Nave central do Mosteiro da Batalha.


2007_0403Batalha_Mosteiro_portal03
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Mosteiro da Batalha. Portal axial da fachada principal. Obra concluída pelo mestre Huguet, no século XV.


2007_0403Batalha_Mosteiro_portal04
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Mosteiro da Batalha. Portal axial da fachada principal. Obra concluída pelo mestre Huguet, no século XV.


2007_0403Batalha_Mosteiro_portal05
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Mosteiro da Batalha. Portal axial da fachada principal. Obra concluída pelo mestre Huguet, no século XV.

domingo, julho 15, 2007

2007_0403Batalha_Mosteiro_Cap_Imp11


2007_0403Batalha_Mosteiro_Cap_Imp11
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Capelas imperfeitas do Mosteiro da Batalha.


2007_0403Batalha_Mosteiro_Cap_Imp08
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Capelas imperfeitas.
Túmulos do rei D. Duarte e D. Leonor.


2007_0403Batalha_Mosteiro_Cap_Imp07
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Capelas imperfeitas.

Em 1436, D. Duarte decidiu edificar uma capela funerária para si próprio. O projecto então concebido por Huguet foi o mais arrojado da sua carreira na Batalha, privilegiando uma planta circular que, todavia, não viria a ser concluída pelo falecimento do mestre dois anos depois. Desta forma, e não obstante a intervenção de Mestre Martim Vasques, a construção cessou até ao reinado de D. Manuel e, mesmo nessa altura, não foi concluída, razão de esta parcela ser conhecida como as Capelas Imperfeitas.

www.ippar.pt/

sábado, julho 14, 2007


2007_0403Batalha_Mosteiro_Cap_Imp05
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Capelas imperfeitas.

Em 1436, D. Duarte decidiu edificar uma capela funerária para si próprio. O projecto então concebido por Huguet foi o mais arrojado da sua carreira na Batalha, privilegiando uma planta circular que, todavia, não viria a ser concluída pelo falecimento do mestre dois anos depois. Desta forma, e não obstante a intervenção de Mestre Martim Vasques, a construção cessou até ao reinado de D. Manuel e, mesmo nessa altura, não foi concluída, razão de esta parcela ser conhecida como as Capelas Imperfeitas.

www.ippar.pt/


2007_0403Batalha_Mosteiro_Cap_Imp10
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Detalhe das Capelas imperfeitas.

sexta-feira, julho 13, 2007


2007_0403Batalha_Mosteiro_Cap_Imp04
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Capelas imperfeitas.

Em 1436, D. Duarte decidiu edificar uma capela funerária para si próprio. O projecto então concebido por Huguet foi o mais arrojado da sua carreira na Batalha, privilegiando uma planta circular que, todavia, não viria a ser concluída pelo falecimento do mestre dois anos depois. Desta forma, e não obstante a intervenção de Mestre Martim Vasques, a construção cessou até ao reinado de D. Manuel e, mesmo nessa altura, não foi concluída, razão de esta parcela ser conhecida como as Capelas Imperfeitas.

www.ippar.pt/


2007_0403Batalha_Mosteiro_Cap_Imp04_sp
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Capelas imperfeitas.

Em 1436, D. Duarte decidiu edificar uma capela funerária para si próprio. O projecto então concebido por Huguet foi o mais arrojado da sua carreira na Batalha, privilegiando uma planta circular que, todavia, não viria a ser concluída pelo falecimento do mestre dois anos depois. Desta forma, e não obstante a intervenção de Mestre Martim Vasques, a construção cessou até ao reinado de D. Manuel e, mesmo nessa altura, não foi concluída, razão de esta parcela ser conhecida como as Capelas Imperfeitas.

www.ippar.pt/

quarta-feira, julho 11, 2007


2007_0403Batalha_Mosteiro_Cap_Imp03bw
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Mosteiro da Batalha. O arranque das obras deu-se em 1388 e foi conduzido por Afonso Domingues, que se manteve à frente do estaleiro até 1402, ano em que faleceu. A ele se atribui o plano geral da construção e o grande avanço dos trabalhos na igreja e no claustro.


2007_0403Batalha_Mosteiro_02
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Mosteiro da Batalha. O arranque das obras deu-se em 1388 e foi conduzido por Afonso Domingues, que se manteve à frente do estaleiro até 1402, ano em que faleceu. A ele se atribui o plano geral da construção e o grande avanço dos trabalhos na igreja e no claustro.

terça-feira, julho 10, 2007


2007_0403Batalha_Mosteiro_Cap_Imp
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Mosteiro da Batalha. O arranque das obras deu-se em 1388 e foi conduzido por Afonso Domingues, que se manteve à frente do estaleiro até 1402, ano em que faleceu. A ele se atribui o plano geral da construção e o grande avanço dos trabalhos na igreja e no claustro.


2007_0403Batalha_Mosteiro_01
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): Mosteiro da Batalha. O arranque das obras deu-se em 1388 e foi conduzido por Afonso Domingues, que se manteve à frente do estaleiro até 1402, ano em que faleceu. A ele se atribui o plano geral da construção e o grande avanço dos trabalhos na igreja e no claustro.

quinta-feira, julho 05, 2007


2007_0403Batalha_Mosteiro_07
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): O Mosteiro da Batalha é o mais importante símbolo da Dinastia de Avis. Ele foi construído por iniciativa de D. João I, na sequência de um voto à Virgem, caso vencesse a Batalha de Aljubarrota (1385), episódio triunfal que coincide com o momento fundacional desta casa reinante. Ao longo do século XV, praticamente todos os monarcas aqui deixaram a sua marca.

www.ippar.pt/


2007_0403Batalha_Mosteiro_06
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): O Mosteiro da Batalha é o mais importante símbolo da Dinastia de Avis. Ele foi construído por iniciativa de D. João I, na sequência de um voto à Virgem, caso vencesse a Batalha de Aljubarrota (1385), episódio triunfal que coincide com o momento fundacional desta casa reinante. Ao longo do século XV, praticamente todos os monarcas aqui deixaram a sua marca.

www.ippar.pt/

quarta-feira, julho 04, 2007


2007_0403Batalha_Mosteiro_05
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): O Mosteiro da Batalha é o mais importante símbolo da Dinastia de Avis. Ele foi construído por iniciativa de D. João I, na sequência de um voto à Virgem, caso vencesse a Batalha de Aljubarrota (1385), episódio triunfal que coincide com o momento fundacional desta casa reinante. Ao longo do século XV, praticamente todos os monarcas aqui deixaram a sua marca.

www.ippar.pt/


2007_0403Batalha_Mosteiro_03
Originally uploaded by VR2006.

BATALHA (Portugal): O Mosteiro da Batalha é o mais importante símbolo da Dinastia de Avis. Ele foi construído por iniciativa de D. João I, na sequência de um voto à Virgem, caso vencesse a Batalha de Aljubarrota (1385), episódio triunfal que coincide com o momento fundacional desta casa reinante. Ao longo do século XV, praticamente todos os monarcas aqui deixaram a sua marca.

www.ippar.pt/